sábado, 29 de março de 2008

Tokyo Fashion Week

Passa bem longe do meu raio de interesses estas coisas de "fashion weeks", desfiles de moda, tendências, etc. Nem mesmo a visão daquelas modelos esqueléticas que costumam dar as caras nestes eventos me atrai. Mas as imagens destas peças conceituais conseguiram ter o efeito de me impressionar. E me assustar também...





Que diabos de conceito ou paradigma artístico os estilistas japoneses estavam pensando em quebrar ou inovar?
Mais informações aqui.

sexta-feira, 28 de março de 2008

Eigapedia: Um wiki sobre cinema japonês


Estava procurando informações sobre um filme chamado "Battle Royale" e acabei aqui. O roteiro até que é interessante, o filme achei meio palha. Mas do Eigapedia gostei demais da conta, é um extenso repositório de informações sobre o cinema japonês, tudo muito organizado, bem ao estilo da Wikipedia.

quinta-feira, 27 de março de 2008

Máscara anti kafunsho

No Japão, onde de 10 pessoas, umas cinco sofrem de um tal de kafunsho (alergia ao pólem que provoca febre, náuseas, tonturas e dezenas de outros males), usar máscaras neste início de primavera para se proteger é algo muito comum. Mas este ano um estilista chamado Ai Kobayashi resolveu inovar e criou esta máscara, muito semelhante a uma burka islâmica:



Diz o tal Kobayashi que a intenção dele é enfrentar o kafunsho de um modo "fashion".

Fashion? Só se for no Afeganistão...

Brasileiros aprontando de novo...

Seria tão bom que existissem notícias positivas e encorajadoras a respeito dos nossos conterrâneos aqui. Esta notícia deve estar repercutindo bem no país, pois até um colega japa neste fim de mundo ficou sabendo, aliás foi ele quem teve a gentileza de me informar sobre isto:



Mais informações aqui.

terça-feira, 25 de março de 2008

No Japão, URLs não tem vez...

Interessante... Tanto tempo aqui e ainda não tinha atentado para este detalhe ainda. Ao invés de promover o domínio virtual (URL) das empresas, as agências de publicidade japonesas preferem incentivar seu público alvo a pesquisar pelo nome do produto/empresa nos buscadores.
Parece que aqui na terra do sol nascente as URLs foram abolidas de vez dos anúncios publicitários.
Imagino que isto seja em decorrência da dificuldade dos nipônicos em interpretar o alfabeto ocidental. É muito mais fácil para eles digitarem algo em "katakana" ou "kanji" no Google por exemplo, do que inserir o endereço web em "romanji" na caixa de navegação do browser.



Acabei fazendo um teste com as palavras chaves que aparecem nos anúncios da imagem acima e de fato sempre encontro os links das empresas relacionadas no topo da busca.
Depois adentrei-me pelo Google Brasil e comecei a fazer o mesmo com nomes de produtos e empresas tupiniquins e não é que nesta experiência também tive sucesso em quase todas a minhas tentativas...

Tetris humano

Poucas vezes ri tanto com um quadro de jogos da TV japonesa... Tenho que reconhecer, os produtores de programas televisivos daqui possuem uma criatividade sem limites.

segunda-feira, 24 de março de 2008

EBOOKEE: o mega buscador de ebooks

Assim como um buscador como o Google, basta digitar um título na caixa de busca, clicar em "Search" que o EBOOKEE sai pela web afora em busca do ebook desejado. Geralmente os links listados tem como destino repositórios como o Esnips, MegaShare, RapidShare, etc... E a maior parte dos títulos é em inglês, mas já fiz buscas por alguns títulos de livros e revistas em português e obtive sucesso.

Versão japonesa do "Smoke on the WATER"

Estranhas divagações aleatórias me fizeram ansiar por escutar a clássica "Smoke on the WATER" da jurássica banda britânica Deep Purple. Parti imediatamente para uma fuçada no Youtube e qual não foi minha surpresa quando reparei no ítem que apareceu em terceiro lugar na busca: "Smoke on the Yangtze", versão nipônica do "Smoke on the River" por uma orquestra composta só por instrumentos tradicionais japoneses. Logo aos primeiros acordes do "biwa" a música se torna reconhecível, e quando os vocalistas entram em cena e de um certo modo preservando a energia e vigor das interpretações do Ian Gillan, fica muito legal...




Para quem não conhece a versão original:

domingo, 23 de março de 2008

Adicione teclas de atalho nas páginas de pesquisa do Google

Uma novidade que pode agilizar a navegação pelas páginas de pesquisa do Google é a possibilidade de adicionar teclas de atalho como estas:


Para habilitá-las acesse esta página do Google Labs e vá até "Keyboard shortcuts" e clique no botão "Joint this experiment".
Feito isto, retorne a página de busca e faça uma pesquisa qualquer, que logo após os resultados serem listados, um cursor ">" deverá aparecer na lateral esquerda como na imagem abaixo:

sábado, 22 de março de 2008

Como disfarçar a irritação com terceiros no trabalho

Trabalhar no Butantã é dose. Entre cobras, lagartos, japas malucos e outras figuras caricatas de estranhas lógicas morais e éticas, vou tentando tocar o barco da melhor forma possível. Mas não é fácil e por vezes o stress acaba se tornando inevitável.
Pesquisando sobre como controlar esse tal estado mental, eis que acabo por encontrar estas interessantes dicas que podem evitar certos conflitos. Conflitos esses que podem fazer-nos despejar de vez uma verborragia inútil a estes seres cabeçudos, com os quais somos obrigados a conviver aqui no Japão e você bem pode imaginar as conseqüências disto...

Enfim, como não tem jeito, aprenda a se controlar no trabalho e para evitar um estresse ainda maior, faça assim:

No lugar de: NEM FODENDO!
Usar: Não tenho certeza se vai ser possível.

No lugar de: TÔ CAGANDO E ANDANDO.
Usar: Não vejo razão para preocupações..

No lugar de: MAS QUE PORRA EU TENHO A VER COM ESTA MERDA?
Usar: Inicialmente, eu não estava envolvido nesse projeto.

No lugar de: CARALHO!
Usar: Interessante, hein?

No lugar de: FODA-SE. NÃO VAI DAR NEM A PAU.
Usar: Há razões de ordem técnica que impossibilitam a concretização da tarefa.

No lugar de: PUTA MERDA, VIADO NENHUM ME FALA NADA!
Usar: Precisamos melhorar a comunicação interna.

No lugar de: E NA BUNDINHA, NÃO VAI NADA?
Usar: Talvez eu possa trabalhar até mais tarde.

No lugar de: O CARA É UM BOSTA.
Usar: Ele não está familiarizado com o problema.

No lugar de: VÁ PRA PUTA QUE O PARIU.
Usar: Desculpe…

No lugar de: VÁ PRA PUTA QUE O PARIU, SEU VIADO.
Usar: Desculpe, senhor.

No lugar de: BANDOS DE FILHOS DA PUTA!
Usar: A Matriz não ficou satisfeita com o resultado do trabalho.

No lugar de: FODA-SE! SE VIRA!
Usar: Infelizmente, não posso ajudar.

No lugar de: PUTA TRABALHINHO DE CORNO.
Usar: Adoro desafios.

No lugar de: AH, DEU PRO CHEFE?
Usar: Finalmente reconheceram sua competência.

No lugar de: ENFIA ESSA MERDA NO CU.
Usar: Está muito bom, mas, por favor, refaça esta parte do trabalho.

No lugar de: AH, SE EU PEGO O FILHO DA PUTA QUE FEZ ISSO.
Usar: Precisamos reforçar nosso programa de treinamento.

No lugar de: ESTA MERDA TÁ INDO PRO BURACO.
Usar: Os índices de produtividade da empresa estão apresentando uma queda sensível.

No lugar de: AGORA FUDEU DE VEZ.
Usar: Esse projeto não vai gerar o retorno previsto.

No lugar de: EU SABIA QUE IA DAR MERDA.
Usar: Desculpe, eu poderia ter avisado, se fosse consultado.

No lugar de: Ô CARALHO! VAI SAIR CAGADA DE NOVO.
Usar: Apesar do esforço, teremos outra não conformidade.

Estas dicas "valiosas" encontrei aqui.

Cobertor com mangas

O pior do frio aqui em Izumolândia já ficou para trás, mas como seria bom e confortante se tivesse algo parecido como este cobertor:



Ia amenizar tanto o frio antártico pelo qual penei deveras neste ano. Quem sabe no próximo inverno não estarei equipado com esta belezinha? Custa só umas 50 doletas. Maiores informações aqui.

Mp3gle - Um buscador de mp3 muito jóia

O Mp3gle, como o próprio nome sugere, é um buscador de mp3 ao estilo do Google. Com uma interface agradável e prática, além de encontrar e listar o arquivo que lhe interessa, este serviço ainda oferece a opção de baixar ou reproduzir o mp3 diretamente no navegador.




sexta-feira, 21 de março de 2008

Phantom Montain

Cada coisa genial que vez ou outra pesco às escuras no YouTube. Achei de uma criatividade fantástica este vídeo do cartunista americano Doug Savage. Câmera na mão, post-its, canetas, clipes e muita imaginação e talento para contar uma divertida estórinha.



Vale a pena conferir o blog dele também.

Google Japão com um visual diferente

Hoje ao acessar o Google japonês me deparei com umas tabs e ícones extras na sua página principal. Sempre gostei do tradicional visual clean, bem enxuto, sem qualquer tipo de poluição visual. Mas pelo que pude apurar no meu brevíssimo teste drive, estes novos elementos até que facilitam um pouco a navegação pelos outros serviços deste nosso onipotente buscador. Acabei dando uma bisbilhotada pelos Googles de outros países e parece que esta novidade é privilégio só no Japão por enquanto...

Orkut - Uma dica legal



Aos lentos passos de cágado o google vai implementando algumas novidades legais na rede social mais badalada pelos brazucas.
Agora ao estilo de redes sociais mais bem implementadas, sofisticadas e inteligentes, como o Facebook por exemplo, você já pode adicionar mini aplicativos ao seu perfil no Orkut. São jogos, players de música e vídeo,
gadgets diversos, que lentamente estão sendo disponibilizados no repositório de aplicativos do Orkut. São poucos ainda, mas tem algumas coisas interessantes e divertidas como o "Music iLike" e o "TypeRacer".
Um pequeno porém é que esta novidade esta restrita só a alguns países, como por exemplo a obscura Estônia. Então, caso queria adicionar este recurso ao teu perfil terá de alterar o seu país no "Editar perfil".
E ai basta retornar ao "Início" que na coluna a esquerda deve surgir um novo ítem chamado de Apls. clique em "editar" para escolher e ativar os mini aplicativos que irão anabolizar o teu perfil.

terça-feira, 18 de março de 2008

Mobília Móvel

Vejam só que interessante este protótipo de design convenientemente batizado de "casulo".

Esta inocente caixinha:




Contém tudo isto:



Parece mágica né?
E não aparenta ser tão difícil assim montar toda esta bagulhada, confira todo o processo neste vídeo:



E pensar que nesta longa jornada de dekassegui cigano já abandonei ou doei tanta mobília por ser incômodo ou trabalhoso levar como mudança...
Mais detalhes sobre esta interessante idéia aqui.

domingo, 16 de março de 2008

Caça aos piratas no Japão

Sou um pirata declarado, e dum apetite insaciável, certa vez consegui a proeza de lotar por completo um HD de 120 gigas em menos de 2 meses com arquivos de todo tipo, cores, sabores e tamanhos que se possa imaginar. E depois que me teleportei para este fim de mundo, "downlodear" arquivos se tornou uma necessidade quase vital, assim como respirar ou se alimentar. Se tornou um vício selvagem e totalmente incontrolável. Por isso, assim que botei os olhos neste artigo do jornal Yomiuri fiquei realmente apreensivo.
Em resumo a matéria informa que as quatro maiores organizações de provedores de internet japonesas planejam encerrar a conta de usuários que forem flagrados utilizando programas de compartilhamento de arquivos como por exemplo o emule, azureus e o japonês winny.
Ao que tudo indica esta operação anti-pirataria deverá ter seu início já em abril próximo, quando os provedores de internet ao detectar um cliente infrator, primeiramente irão alertá-lo via email a respeito da transgressão e em caso de reincidência poderão suspender ou cancelar em definitivo a sua conta de acesso a internet.
Não sei até que ponto terão sucesso neste empreendimento, é muita gente para ser fiscalizada, segundo esse mesmo artigo são estimados 1.75 milhões de usuários de softwares de compartilhamento online de arquivos. Vai dar um trabalhão daqueles.
Mas como em todas as fontes de informação sobre este assunto que encontrei até agora é sempre especificado de forma categórica que serão fiscalizados "file-sharing programs" e mais nada. Fiquei a pensar cá com meus botões em contratar um serviço de usenet como este, afinal velhos hábitos são difíceis e em certos casos especiais pode-se considerar como impossíveis de se abandonar...
Veja uma demonstração desta interessante tecnologia de tranferência de dados neste vídeo:



E se além desta taxa de transferência absurdamente fantástica, tudo que esta empresa informa sobre privacidade e anonimato forem verdadeiras, com absoluta certeza me tornarei cliente deles...

Hoje (23/03) a Folha publicou uma nota a respeito também...

sexta-feira, 14 de março de 2008

E o Hulu chegou...



Chegou e adorei... Agora é possível assistir vários programas de TV, seriados, filmes, documentários, tudo na faixa e sem aquela demora de longos minutos, horas para o download via bittorent ou emule. Pelo Hulu é possível assistir vídeos em excelente qualidade via streaming, assim como no YouTube. Estão disponíveis algumas antigüidades como a "Ilha da Fantasia", "Incrível Hulk" bem como seriados quentissímos como "House" e "The Office".
E aqui no Japão, pelo fato da conexão de internet banda larga geralmente ser de pelo menos uns 40Mb, quase não se percebe lags na reprodução dos vídeos.
E para não receber este mensagem:


Faça uma pequena gambiarra que consiste em instalar um programinha chamado Hotspot Shield, que mascara seu verdadeiro número ip enganando o servidor do Hulu.
Baixe aqui (OSX ou windows) e assim que ativá-lo o Hulu fica acessível para quem não esta em território americano.

1$ = 100¥


Nem tinha percebido que o dólar tinha desvalorizado tanto assim em tão pouco tempo... De um mês para cá, ficou cerca de uns 10¥ mais barato. Esta no menor valor de conversão cambial aqui no Japão desde o longínquo ano de 1.995. O país talvez passe a exportar menos, produzir menos, será que pode rolar algum kubi de dekassegui por conta disso? Espero que não...

lula e seus cartões corporativos...



Estar bem longe da terrinha tem lá suas vantagens, dá uma certa ilusão de distancimento, de não ter mais laços com a república bananosa. E não ter de se importar com as bandalheiras que por lá acontecem. Assistir ao noticiário tupiniquim e imaginar que tudo não passa de uma comédia engraçada encenada num longínquo planeta exótico. E sem qualquer remorso, poder rir a rodo, e não indignar-se com as alopradas robalheiras de um governo sem rumo.

É meio passado este vídeo, mas vale a pena conferir, hilário e sadicamente engraçado. Coitado do Hitler, deve estar se refestelando na cova por ter sido emprestado a uma sátira ao toscoso governo lula. Afinal, Hitler apesar de sido um dos mais sanguinários líderes políticos da história, era um gênio estrategista e um verdadeiro governante. Agora o lula, aff...

quinta-feira, 13 de março de 2008

O assassinato de Asanuma Inejiro

Esta foto foi tirada momentos antes do assassinato de Asanuma Inejiro, ocorrido durante um evento político com transmissão ao vivo em rede nacional no Japão no ano de 1960. É bater os olhos e ficar estarrecido, chocado com a dramaticidade da ação que esta prestes a acontecer.




O fotografo Yasahui Nagao merecidamente ganhou os prêmios Pulitzer Prize e o World Press Photo de 1960. O assassinato também foi registrado pelas câmeras de televisão, confira no vídeo abaixo. Principalmente os últimos segundos.

Stress, canseira, doideira, sei lá o que...



Viver em Izumolândia, estar isolado numa estação polar ou numa Nova Iorque arrasada e abandonada como o personagem de Will Smith no filme "I am a legend" não poderia ser mais solitário. Excetuando o período em que estou trabalhando no "butantã" aonde tenho que fazer um esforço por vezes hercúleo para conseguir interagir com uns seres esquisitos de comportamentos horrendos, anti-éticos e bizarros que por lá encontro, o restante da minha vida social é inteiramente virtual. E isso até que não é ruim considerando a presente situação. E fique bem claro que estou simplesmente comentando, não lamentando.
Uma vez no “butantã” basta parar um instante para analisar as atitudes hipócritas, estúpidas e espúrias de algumas pessoas para revoltar-se e dai é um pulo para estressar-se. Quando entendi e compreendi como as coisas lá funcionavam, jurei que iria ignorar tudo que houvesse de errado e tocaria adiante minha vida como se nada tivesse percebido. Bancar o estúpido inocente, cego, surdo e mudo seria a estratégia. Infelizmente tem dias em que é impossível não deixar-se levar pelas negras nuvens do estresse e da irritação. Assim como é tarefa impossível ficar no meio dum chiqueiro e não deixar-se respingar pela lama e sentir o fedor dos porcos ao redor...
Estando nesta vida já há cerca de um ano e três meses acabei desenvolvendo um vicio infernal de ficar diariamente, como um robô ensandecido, visitando e pendurando comentários banais em blogs, canais de irc, fóruns e até no orkut, do qual sempre tive certa aversão. Pode parecer cretino e infantil, mas tenho que admitir: como é irracionalmente divertido e emocionante ficar detonando "flames" e irritar idiotas virtuais.
E aqui, nesta "pqp" mergulhado num aborrecido e infindável mar de minutos, horas e dias a perder de vista, não existe nada de muito interessante a se fazer mesmo... Mas é desolador descobrir que sem querer, talvez querendo, acabei tornando-me um patético pichador cibernético. Felizmente já enjoei disto.
E não adianta, confesso que não faço muito esforço e minha "atual" personalidade não ajuda muito, mas construir alguma amizade ou estabelecer uma rede social mínima que seja, é uma tarefa que considero como de dificuldade incomensurável aqui.
E no “butantã”, pode ser paranóia, mas é deveras interessante como as vezes (ou quase sempre?) observo desconfiança e descrédito no que digo ou faço, por mais boas e desinteressadas sejam minhas intenções. É sempre alguém achando que estou querendo cargo, vantagens ou sei lá o que... É um saco. Encheu. Desisti de bancar o mané bonzinho.
Mas sei que preciso mudar, abandonar este estado amorfo, apático e sem chama. Tenho que recuperar aquela energia vibrante para jamais me deter, parar de olhar para trás, procurar viver os dias com mais impulso, agir com mais vivacidade, voltar a ter aquele espírito curioso, divertido e adolescente de não se importar seriamente com as coisas.
Caso contrário sei que certamente enlouquecerei...

sábado, 8 de março de 2008

Izumo no Google Maps

Apresento-lhes a minha city, Izumo-shi (出雲市).
Aos poucos pretendo acrescentar mais locais que podem ser de algum interesse.


Exibir mapa ampliado

sexta-feira, 7 de março de 2008

Boa música

Nunca fui muito fã de música clássica, mas depois duma voltinha no iTunes Store e botar os olhos em algumas capas de cd, não é que acabei gostando... Como não entendo absolutamente nada deste gênero musical, acabei por fazer uma seleção meio aleatória de artistas para começar a apreciá-la melhor...










Brincadeiras a parte, curti mesmo foi o som da Diana Krall, que na verdade é uma jazzista fantástica.
Nesta versão do "Just The Way You Are" (Billy Joel) ela simplesmente arrasa...

segunda-feira, 3 de março de 2008

Mallu Magalhães



Ela nem lançou álbum ainda, mas já desponta como a grande promessa do showbiz verde-amarelo. Assisti esta entrevista no Altas Horas e fui imediatamente cativado pelo jeito simples e inocente dela se expressar. Gostei da música, um folk bem leve e gostoso de ouvir. Mallu Magalhães é um verdadeiro prodígio, só tem 15 anos, mas compõe em inglês, toca gaita, violão e canta explendidamente bem. Mais sobre ela aqui.