quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Miauuu!!!!!!!!


Chove e faz um frio glacial em Kobe-shi.
Sou um gatinho miudinho, tristinho, um tanto resignado, um tanto incerto, um tanto indefeso, necessitando de cuidados, carinho, ao menos uma cosquinha na cabeça, para seguir adiante. Para continuar minha caminhada solitária por sinuosas ruas sombrias e em meio a humanos gigantescos, indiferentes, maus e agressivos.

Mas é só uma fase ruim. Sou na verdade um felino escaldado dos diabos! Quando o sufoco passar, voltarei a ser o gatão malandro pra caray!
Crise existencial é para fracos. Pronto, falei.

4 comentários:

Bah disse...

Não tem essa de fraqueza por causa da crise existencial. Ué, ng nasceu sendo super-homem (tirando o povo do Heroes), mas bem como disse, as mudanças vêm e ainda bem que vc está se adaptando à elas com sabedoria.

Amei esse gatinho...

Kisu!

andreia inoue disse...

me diz onde vc pega essas fotos tao bonitinhas,to com inveja!!
:)
e como a bah falou,nao tem q ter vergonha de nada,afinal quem nao passa por essas crises heim?
ultimamente eu nao estou passando por crises,eu sou uma crise ambulante,hahah!

Lou disse...

Ô, gente, que dó do gatinho! Mas aqui, é gatinha essa da foto, viu? É tricolor...

Pois é, eu tb acho que crise existencial é pra fracos. Sou fraca, admito.

Todo mundo precisa de uma cosquinha na cabeça pra seguir adiante. Mesmo não sendo gato. Mesmo sendo forte.

Beijo!

Hyra. disse...

Discordo veementemente! Crise existencial é para quem vive numa sociedade em que ser é produzir. Quem não produz (riqueza), não é! Então, entra em crise existencial. Vivo n'outra cosmovisão, n'outros valores, libertos desses, que me dão possibilidades de ser sem querer ter. Vivo andando um Caminho de fé. Estou longe de ser um perdedor.