terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Como estão os trampos no Japão? A resposta:

Bem. Tô cansado de responder esta pergunta trocentas vezes feita pelo pessoal no brasil, ansiosos por retornar para cá.
Para facilitar escaneei esta matéria da revista Alternativa, de autoria da repórter Marly Higashi: "De Volta ao Trabalho".
O texto até tenta dar um tom mais suave a nossa situação empregatícia no arquipélago, mas ainda assim, como podem verificar na reportagem as coisas continuam nada fáceis por aqui. Mesmo depois de mais de ano de crise.

E ainda existem rumores a respeito de mudanças não muito agradáveis na legislação trabalhista no decorrer dos próximos meses. Que inclusive podem restringir o sistema de ukeoi em fábricas, o que estava garantindo certo gás a algumas empreiteiras e empregos para nós.
Aonde estou empregado a partir do mês que vem todos os funcionários de empreiteiras (existem 4 nesta fábrica) passarão a ser contratados no sistema part-time. Vai haver redução no valor do salário-hora, moradia será por conta do próprio funcionário, desconto integral de todas as obrigações trabalhistas, ou seja, vamos precisar de microscópio para enxergar os números no holerite daqui em diante. Espero que não, mas acredito que esta seja a tendência em um futuro não tão distante em todo o país. Por isso, diante de toda esta incerteza, nem perdi tempo procurando serviço noutras bandas, preferi dar um tempo no bananão. Infelizmente é isso.
God save us!

2 comentários:

Patricia disse...

Dizem que o bom filho sempre à casa retorna.

marcel_arai disse...

Esta certo Carlos tem horas que precisamos tomar um fôlego hora de ver se realmente compensa estar ai, eu morei durante 7 anos ai no Japão voltei em 2003 e ficava muito tentado a voltar, mas vi que apesar de todos os problemas do Brasil foi melhor continuar aqui e hoje sinceramente não me arrepende, saudades do Japão muitas mas agora só se um dia for a passeio mesmo falou...