quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Xiguemôôôô!!!

Oba! Oba! Chegamos ao bananão. The country of the joke alredy made. Saudosa terrinha aonde 51 é uma boa ideia. 38 causa terror. 24 é suspeito. 13 é, ops! Um número mucho, mucho lazarento. E o ZERO será o meu ponto de partida.
Ufa!!! Que viagem longa. Que podridão. Que jetleg desgraçado. Ainda tô meio aéreo. Mas de resto tudo de boa. A Dona Bah foi me apanhar no Cumbicão. Gente fina. Paulistana da gema pura, daquelas que amam San Pablo de coração, peito aberto, com muito orgulho sim senhor! Pessoa engraçadíssima. Sempre disposta a ajudar. Até mesmo um blogueiro obscuro, doidão e autor de textos zuados que ela nunca conheceu na vida real. Brigadão pela assistência dona Bah.

Eba. Salvo alguns arranhões, meu velho iMac companheiro de guerra chegou beleza, funcionando serelepe como sempre. Alivio!!!
E já estamos instalados na pensão da prestativa Dona Marina, que conheci via web. Num quartinho ainda menor que a da minha ex-caverna em Kobe-shi, mas tudo bem. Que lugar sussa. Não se escuta coisa alguma durante a madrugada. Nadinha. Nem estampidos de tiros. Berros. Gritos desesperados por socorro. Ou zona de baderneiros. Paz total. Parece até que estou isolado numa ilha. Acordo com passarinhos cantando. Como Adão no jardim do Édem. Infelizmente sem a Eva. Felizmente sem nenhuma serpente do mal por perto.

É isso. Aos poucos vamos se ajeitando. Tentando se arrumar no pedaço. Mesmo com um currículo totalmente defasado debaixo do cangote, sem grandes perspectivas a vista, sem rumo, nem direção definida. Pois é... O jeito é tentar abraçar a positividade. Crer que a vida seja uma caixinha de surpresas. Como no futebol. Tudo pode acontecer. Até coisas boas as vezes. Vai que surge algo fenomenal e muito legal pela frente. Quem sabe não ganho na Mega Sena? Não tenho algum talento escondido que ainda não deu as caras e me tornará famoso e milionário? Ou acabo descortinando alguma boa possibilidade que passou despercebida nas outras vezes que retornei?
Pelo menos desta vez tenho tempo, cash e certa tranquilidade.
Agora é perseguir o dream da estabilidade...

Sem internet em casa no momento. Mais tarde rabiscarei coments no blogs de vocês.
Montão de coisas pra fazer hoje. Fui... Mas Vorto!

6 comentários:

Leh disse...

Êita!!! Esperava mesmo um post seu, avisando a chegada...

Pelo jeito, tá animadoooo!!! Gostei de ver!

Desejo que muitas coisas boas lhe aconteçam, sem pressa. Vai curtindo o bananão, re-conhecendo o país e as pessoas, esse povo maravilhoso!

Tá com tempo, cash e tranquilidade, então tá muito bem!
O resto vai acontecendo.

Arruma a net logo, que estamos esperando seus posts.

Teh o/

kisses, lindinho!

Patricia disse...

Nossa, acabei de postar algo bem no espírito!!! Eu também dei reset na minha vida. Larguei marido, larguei casa, larguei emprego e ainda não sei se vou largar país. Mas é isso aí. Vai esperando coisas boas que elas acontecem!!!! =)

Xaum disse...

Bienvenido ! Pelo que vi ocorreu tudo bem contigo, é isso ae, positividade é a chave. Não desanime pelo que pode rolar nos próximos dias por aqui. Espero que usted consiga chegar onde pretende.

Com certeza a D. Bah deve ter ti alertado, toma cuidado p/ não ir embora nas enchentes de SAMPA.

É isso ae hermano, sucesso p/ vc !

Abraços...

Patricia disse...

Te adicionei na minha lista de blogs jóia.

Diogo disse...

Welcome back...
No comeco eh estranho, mas depois veras que fez uma boa escolha.
boa sorte e gambate

abraco

志村 レナタ disse...

Vixê, só agora que vi que você voltou pro Burajiro. Espero que encontre logo seu rumo e que tenha muito sucesso nele.
Saudações daqui do outro lado do planeta!