segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Carlo, o incendiário...

Usando um fogão bananeiro pela primeira vez depois de década. Giro o botão do gás e busco um dispositivo/botão/alavanca/ANYTHING para faiscar a chama. Nada a primeira vista. Continuo procurando aqui, ali e nada ainda. Então resolvo girar TODOS os botões que encontro no painel. Nada. Coço a cabeça dura. Começo a ficar angustiado, mas aê noto uma caixinha de aspecto vagamente familiar junto a janela.
- Raios que me partam!!! Fósforos???
Risco, risco e risco, mas a caixinha meio úmida não permite fagulhar coisa alguma. Tava quase desistindo, quando percebo o palito finalmente queimar. Sinto o calor da chama bem próxima do dedo, e por puro reflexo atiro o fósforo. Uma labareda gigante toma conta do fogão. Troço lindo! Sorte que deu tempo para dar uma afastadinha bem na hora de salvar minhas sobrancelhas!

Aí D. Marina surge toda esbaforida na cozinha:

- Você nunca ligou um fogão antes?!?
- Err… Já. Mas foi no século passado. Tinha esquecido completamente.
- Percebi...

Pois é. Tô me acostumando. Agora sei ligar um fogão bananeiro sem causar incêndio. Também não estou mais jogando papel higiênico no vaso. Vivendo e aprendendo...

6 comentários:

Patricia disse...

Aparentemente seu fogão, assim como a sua habilidade para ligá-lo, também pertence ao século passado.

andreia inoue disse...

o mais dificil vair acostumar a nao gostar o papel higienico no vaso.
:/

Xaum disse...

kkk... Não tive problema com o fogão, mais o papel higiênico no vaso, até hj não perdi esta prática.

Carla disse...

Vez ou outra dou uma passadinha aqui em seu blog para ler os relatos de suas experiências... confesso que me divirto muito com suas expressões!
Cuidado para que não faça como eu, que ao invés de olhar para o sentido de onde os carros vem para atravessar uma rua, acabava sempre olhando o sentido para onde os carros iam....rs

Bah disse...

ahahhahahah já até imagino a desgraceira que foi ahahahahah.... Só vc mesmo. E vc é mto distraído moço rss... Posso relembrar o fato de vc procurar a casa no meio da chuva? rss

Kisu!

Leh disse...

Fósforo... tanque de lavar roupa, sabão em pedra... varal e pregador de roupa... momentos nostálgicos!

E aí tá tirando os sapatos?

Até hoje eu agarro a bolsa, quando ouço um ciclista atrás... Meu trauma é outro...